Melhores praias para família em Florianópolis

Conheça as 4 melhores praias de Florianópolis para família

Vai fazer uma viagem em família para Florianópolis? Preparamos um miniguia com 4 praias para ir com a família e aproveitar o litoral do Sul do Brasil!

Praias em Florianópolis para família
Só adultos ou com crianças. Com adolescentes, bebês ou idosos. Independentemente de como é a sua família, ela sempre vai encontrar um espaço especial em Santa Catarina para aproveitar sol, areia e mar. 

Por isso, preparamos um miniguia com as melhores praias de Florianópolis para família. Águas calmas, encontro com a natureza, areia e até peixinhos fazem parte deste roteiro que vocês precisam fazer na viagem ao Sul do Brasil. 

E para facilitar, todas as localizações da capital catarinense são de fácil acesso pelas rodovias estaduais que partem do centro da cidade, onde fica o Novotel Florianópolis. Confira nossa lista!
1. Lagoa do Peri para curtir a calmaria
A Lagoa do Peri é uma das únicas cinco praias brasileiras que recebeu a Bandeira Azul, maior certificação do mundo sobre limpeza e sustentabilidade no ambiente litorâneo. Por essas e outras razões, é uma das melhores praias para ir em família – especialmente com filhos pequenos

Cercada pelos morros verdes, a lagoa é completamente calma, morna e própria para banho. As áreas de pouca profundidade são ideais para brincar com crianças menores. Um pouco mais adiante, adolescentes e adultos se aventuram nadando. Mais para o fundo, é possível andar de canoa e pedalinho com a turma toda. 

Na área seca, leve cadeiras para banho de sol, fique à vontade para montar castelos de areia com os baixinhos ou até relaxar embaixo de uma sombra de árvore. Ainda há um amplo espaço arborizado e cheio de mesas para piquenique, ideais para uma refeição em família. 

Com chegar: fica ao Sul da Ilha, dentro do Parque Municipal Lagoa do Peri. Há 20 quilômetros do centro de Florianópolis. É possível ir pelas rodovias SC-405 e SC-406. 
2. Contato com a natureza na Praia da Solidão
Quase deserta, a Praia da Solidão é uma das últimas da ilha, antes dos costões e ideal para famílias com adolescentes de espírito aventureiro

Por ser pouco movimentada, tem bastante espaço para que os jovens pratiquem esportes de bola na areia e tenham contato com a natureza.  No mar, as ondas são agitadas e a dica é ficar na parte rasa. 

No entanto, a grande atração é a cachoeira. As quedas d’água estão dentro da vegetação, acessadas por uma trilha de modalidade fácil que leva cerca de 15 minutos. A profundidade da piscina natural é ideal para os adultos e jovens da família – próximo da cachoeira, a água bate na altura do peito de uma pessoa de estatura mediana, aproximadamente.

E as crianças pequenas? Elas não precisam ficar de fora: quando mais afastado da queda, mais raso é o pequeno lago. E por conta da sua dimensão reduzida e ausência de ondas, as boias de braço ou colete inflável podem ajudar. 

Por ser uma região mais rústica, recomenda-se levar água, alimentos leves, protetor solar, chinelos confortáveis para andar e uma sacola extra para acumular os resíduos e embalagens de alimentos. 

Como chegar: fica ao Sul da Ilha, a 30 quilômetros do centro de Floripa. Basta seguir até o fim da SC-406, pegar a Estrada João Belarmino da Silva e, no fim dela, virar à esquerda. 

3. Praia da Daniela, natureza pertinho da cidade

Já para as famílias com bebês e também com idosos, praias próximas à área urbana, mas que ainda conservam o contato com a natureza, são ideais. E esse é o caso da Praia da Daniela. 

O típico mar de baía é morninho e calmo, como se fosse uma piscina. A areia fina é própria para que os mais velhos caminhem sem muito esforço e os pequenos brinquem. Boa parte da vegetação se estende até a costa, formando uma espécie de divisão que separa a praia da cidade. Mesmo assim, o acesso até as ruas não é complicado, facilitando o trajeto na hora de chegar ou de ir embora.

Como chegar: está no Norte da Ilha, do lado voltado para o continente. Há 26 quilômetros do centro da cidade, basta seguir a SC-400 até o fim. 

4. Ilha do Campeche para nadar com os peixinhos
Para as famílias com crianças maiores, adolescentes ou inteira de adultos, fazer um passeio para a Ilha do Campeche pode ser a ida à praia mais legal da viagem. Além das águas cristalinas que lembram o mar caribenho, o trajeto até lá é de barco. 

Tudo começa nas praias do Campeche, Armação ou Barra da Lagoa, onde os serviços de passeio de barco são contratados, e de onde as embarcações saem rumo à ilha. 

Alguns transportes funcionam como leva e traz – eles partem cedo das praias, deixam o pessoal na ilha e depois voltam para buscar. E aqui, uma dica valiosa: como o número de pessoas permitidas na Ilha é limitado, vale a pena chegar cedo nos trapiches para pegar o barco e não perder a vez. 

Outra forma de aproveitar as águas cristalinas é com os passeios express – eles não atracam na Ilha, mas ancoram próximos dela para que os visitantes não percam o banho de mar, que é o principal atrativo. 

Isso, porque o mar é extremamente calmo e cristalino, ideal para brincar, nadar e fazer um mergulho despreocupado de snorkel com os peixes e corais. Para quem prefere o seco, a areia branca também é um convite para descansar e tomar sol observando a paisagem paradisíaca. 

Como chegar: a Ilha do Campeche fica na região Sul de Florianópolis.  Para chegar lá é preciso contratar um passeio de barco. Os passeios saem da Praia do Campeche, em percursos de 15 minutos. Também saem da Praia da Armação, com percursos de 40 minutos. Há a partida da Barra da Lagoa, nos passeios express que duram entre 1h30 a 2 horas.
Nous vous
recommandons
Florianópolis

O que fazer no Rio de Janeiro com crianças
Férias com crianças: 4 passeios para fazer em São Paulo
Santiago com crianças: 4 passeios para os pequenos
O que visitar em Buenos Aires: pontos turísticos imperdíveis
O que fazer em Porto Alegre
O que fazer em Botafogo
O que fazer aos domingos no Rio de Janeiro



Partager par email Partager sur Twitter Partager sur Facebook